Cadastre o seu e-mail e fique por dentro das nossas novidades ! :

Irritações no Pênis


Irritações no pênis
Elas podem se tornar crônicas e acabar com sua vida sexual
Dr. Ricardo de La Roca

Muitas são as perguntas dos nossos internautas sobre as tão comuns irritações penianas. Orientamos sempre a procurar um urologista ou dermatologista para um exame físico especializado e o correto diagnóstico. Pois, se não tratada, as irritações podem se tornar crônicas e atrapalhar em muito a vida sexual do rapaz.


Uma vez manifestada a irritação peniana, a higienização dói, a ereção dói, a relação dói, e o uso do preservativo também dói. Surgem áreas avermelhadas, com pequenos pontos brancos ou vermelhos, rachaduras na pele do prepúcio, presença de material esbranquiçado e mal cheiroso em torno da glande, irritação local, coceira e inchaço da pele em torno do sulco bálano-prepucial.

E por que isto acontece?
Nas relações sem preservativos sempre existe o contato do pênis com a vagina, na qual sabemos que existem varias bactérias que estão lá justamente para proporcionar um ph mais ácido, e servem também como defesa natural da mulher contra outras bactérias. Em situações que exista uma pequena área do pênis mais fragilizada pode neste local haver uma colonização dessas bactérias e iniciar-se um quadro de balanopostite que causam irritações.

As relações orais também podem ser fonte de contaminação, pois na cavidade oral existem inúmeras bactérias que no seu habitat vivem em simbiose e não fazem mal à saúde a não ser que ocorra uma queda da resistência, resultando numa gengivite, estomatite, e por similaridade essas bactérias podem trazer um quadro de irritação peniana.

Nas relações anais são desnecessários mais comentários, pois todos sabem o quão colonizado é nosso intestino, com inúmeras bactérias e coliformes fecais, que não só produzem a irritação peniana.

Como podemos evitar estas irritações?
O hábito de higienizar o pênis com água e sabão após uma relação, qualquer que seja esta relação, é um fator dos mais importantes. Ao notar o inicio de uma irritação peniana, a consulta a um especialista é o melhor a fazer, em vez de tentar dar um jeitinho com um resto de pomada que sobrou do irmão, que usou numa ferida de pele, ou do pai que usou quando inflamou a pele após fazer a barba.
O diagnóstico precoce através de um exame físico consegue identificar o agente agressor, orientar na escolha do melhor medicamento a ser tomado ou aplicado. Além de receber orientações como: quando voltar a ter relações, se é necessário o tratamento da parceira, e cuidados futuros para evitar recaídas e recontaminações.

E o mais importante, o uso da camisinha SEMPRE. Afinal, ela não só previne a gravidez, mas também previne doenças e irritações.                                                                
                                                                                                                                        Fonte : Ig


 
Pimenta para Maiores | by TNB ©2010